fevereiro 19, 2009

Aniversário



Os aniversários simbolizam as fases marcantes do ciclo da existência. Os aniversários de pessoas (Sanga) são festejados de forma solene, no Japão. Particularmente importantes são os seguintes:
 
40º ano: denominado inicio da velhice (em japonês, shoro), porque Confúcio diz: Aos 40 anos, já não me desviava do caminho

61º ano: conclusão do ciclo de 60 anos (em japonês: kanreki). Nesse aniversário, todos aqueles que tiverem tal idade colocam um barrete vermelho e vestem um quimono vermelho, sendo felicitados por se terem tornado novamente recém-nascidos
 
70º ano: ou idade rara (koki), assim chamada após o grande poeta chinês Tu-Fu ter dito que os 70 anos (koki) eram um privilégio entre os homens; 

77º ano: ou alegre longevidade (em Japonês: kiju); 

88º ano: ou longevidade do arroz (em japonês: beiju). 

Esses dois últimos aniversários são assim denominados porque a caligrafia japonesa que representa as palavras alegria e arroz assemelha-se aos números japoneses 77 e 88. 

Podemos aproximar desses aniversários especiais os que assinalam a duração do casamento, unindo ao símbolo da lembrança e da aliança os de materiais cada vez mais preciosos. sólidos e raros: 
um ano, bodas de papel; cinco anos, bodas de madeira; dez anos, bodas de ferro; vinte e cinco anos, bodas de prata; cinqüenta anos, bodas de ouro; e sessenta anos, bodas de diamante. 


in Dicionário de Símbolos; Chevalier, Jean e Gheerbrant, Alain – José Olympio Editora – Rio de Janeiro, 1990

Um comentário:

J_ disse...

Queria só dizer que tendo apanhado o blog por acaso numa postagem mais antiga...parabens=) mt interessante
paz*